Você já teve a experiência de entrar em um site, através do celular, e perceber que os elementos estavam todos fora do lugar, o layout mostrado era o mesmo que o visualizado numa tela de computador, com letras pequenas e imagens distorcidas?

Pois é! Essa má experiência ocorreu porque o site em questão não possuía um desing mobile, nem responsivo. Na última década a evolução dos smarthphones foi – e vem sendo – incrível, se consolidando como principal meio de acesso dos internautas à Web. Só no Brasil, segundo o IBGE, 92,1% dos domicílios acessaram a internet por meio do telefone celular, enquanto 70,1% dos domicílios o fizeram por meio do microcomputador em 2015. E este número cresce a cada ano. Estes dados mostram como é importante que o desing dos WebSites se adaptem à nova realidade do mundo virtual.

Com a ascensão da internet no início deste século, o comum era o acesso por meio de computadores e os sites possuíam um layout para Desktop. Hoje, o leque de tecnologias para navegar na internet aumentou ainda mais. Com tantas tecnologias em mão, como smartphones, notebooks, tablets, smartwatchs e outros, surgiu a necessidade da criação de sites responsivos. Mas como entender toda essa novidade? Qual a diferença entre esses desings? E qual a vantagem para o seu negócio em aderir ao desing responsivo?

Como foi dito, inicialmente, os sites eram concebidos apenas para telas de computador. Esse tipo de desing é chamado de Desktop. Todo o código do site é feito para se adaptar apenas às telas de computadores e é programado para um tamanho predefinido de tela. Assim, era possível que mesmo em computadores ocorressem problemas de compatibilidade no tamanho do site e da tela, piorando a experiência do usuário.

Com a criação dos smartphones, ficou inviável que os sites continuassem tendo um desing apenas para computadores. Acessar pelo celular uma página com um tamanho desproporcional torna a experiência do internauta extremamente difícil, inibindo o acesso ao site, o que, para empresários é extremamente negativo.

O site responsivo é aquele que vai se adaptar para diferentes tamanhos de tela – para computadores, tablets e smarthphones-, pois é programado para isso. Eles são inteligentes e adaptam inclusive os tamanhos das imagens e da fonte dos textos para que o usuário não precise se dar ao trabalho de dar zoom’s ou correr a tela do seu dispositivo.

Para se destacar dentre tantas empresas, impressionar o cliente e fazer com que isso se torne uma venda é necessário muito mais do que um bom desing. O WebSite é a fachada do seu negócio e por isso também deve ser prático e funcional, sendo pensado e desenhado para seu público alvo. E o mais importante? Deve possuir uma estrutura amigável, senão, nem ao menos será encontrado em meio aos milhões de resultados da pesquisa do Google, ou de outras ferramentas de busca. (Leia 7 vantagens de ter um Website)

Após tudo que já foi dito, podemos pontuar as seguintes vantagens para você, empreendedor, em utilizar um site com desing responsivo:

  • Na era digital, uma empresa possuir um site não é mais um luxo, e sim uma ferramenta essencial para atrair novos clientes, alavancar resultados e passar credibilidade ao internauta. É nítido como o acesso a Internet, mundialmente, só tende a aumentar e com ele também a utilização de dispositivos móveis. Sua empresa precisa acompanhar a evolução global, certo?;
  • Possuir sites responsivos aumenta seu alcance na internet e assim você conseguirá ter mais visibilidade, vendas e clientes;
  • O desempenho do seu site através de dispositivos móveis deve ser bom, já que se seu site não carregar em questão de segundos, o internauta irá desistir do acesso. Abrir sites desktop em smartphones comprometerá a velocidade e o desempenho da sua página.

Resumidamente, um dos fatores mais importante para aderir a sites responsivos é melhorar a experiência do usuário. O SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) ferramenta de otimização de busca,  no caso do Google, se trata de um mecanismo que prioriza nos resultados de busca os sites que fornecem ao usuário a melhor experiência possível. Por exemplo, ele mostra ao internauta os sites que possuem os conteúdos mais relevantes para sua pesquisa, o melhor carregamento, maior confiabilidade, entre outros, e aí que entra a importância de se ter um site responsivo.

Percebe-se que não adianta nada seu negócio gastar muito dinheiro com um site bonito, ter excelentes vendedores e/ou possuir serviços/produtos de qualidade se o ele oferece uma má experiência ao usuário, não conquistando os clientes e até fazendo com que sua empresa perca credibilidade. Logo, se sua empresa já tem um site, procure saber se ele é responsivo, pois vale a pena o investimento. Se a sua empresa ainda não o possui, procure agora uma boa empresa para criar a cara do seu negócio no mundo digital e lembre-se das dicas que foram dadas aqui neste artigo!


E aí gostou do post? Então, compartilhe com seus amigos!

Para maiores informações, entre em contato conosco.

CT Junior: www.ctjunior.com.br

Telefone: (27) 4009 – 2680