Construir ou reformar um imóvel envolve os sonhos e ideais dos moradores. A sensação de ver tudo pronto, do jeito que foi idealizado é recompensadora depois de tanto trabalho e bagunça. Por esse motivo, o projeto arquitetônico precisa ser exato, sem falhas e muito bem conversado com os donos da casa ou do apartamento.

O que é um projeto arquitetônico?

 O projeto é o processo pelo qual uma obra de arquitetura é concebida. Ou seja, é o passo a passo de como será feito um cômodo ou até uma casa inteira. Ele representa o resultado final. O Tribunal de Contas da União (TCU) divide o projeto arquitetônico em três etapas básicas:

  • Anteprojeto (briefing)Possui baixa precisão, margem de erro de 30% e contém a área a ser construída, o padrão de acabamento e o custo unitário básico.
  • Projeto básicoPossui médica precisão, em torno de 10 a 15% de margem de erro e contém plantas principais, especificações básicas e preços de referência.
  • Projeto executivoPossui precisão alta, 5% de margem de erro e contém plantas detalhadas, especificações completas e preços negociados.

 

Como funcionam as etapas

O início do projeto arquitetônico, chamado de briefing, é feito junto aos clientes, a fim de identificar quais são as necessidades e vontades. Nesse momento são expostos todos os pontos imprescindíveis para o bom andamento do projeto e para evitar o retrabalho.

Tanto a parte pessoal, como cores de tintas e número de cômodos, quanto a parte técnica, com o Plano Diretor Urbano, que trata a respeito da possibilidade de se construir no local são definidos nesse ponto. Além de estudar a viabilidade financeira e o impacto ambiental.

O projeto básico é dividido entre projeto legal e projeto complementar. A primeira parte se trata de enviar o projeto para ser avaliado e aprovado pela prefeitura. Não é possível fazer nenhuma alteração após a aprovação.

Já a segunda parte envolve itens do projeto, como rede de esgoto, pontos de luz e posicionamento de caixas d’água.

O projeto executivo envolve a parte de acabamentos e detalhes finais, a exemplo de piso, forro, louças e metais. Todas as informações necessárias para a execução final do projeto.

Quando fazer um projeto arquitetônico?

 O projeto arquitetônico é essencial para o bom andamento da obra. Logo, se você vai construir ou reformar um imóvel, é imprescindível que contrate profissionais capacitados para executarem o serviço.

É no projeto que estão contidas as informações necessárias para todas as etapas da obra, além de viabilizar a aprovação pela prefeitura.