Já encontrou uma tampa como essas das imagens acima em seu quintal e se perguntou o porquê ela estava ali e para o que servia? Então, elas possuem um papel muito importante para o bom funcionamento do sistema de esgoto de toda a sua edificação e você já deve ter escutado sobre algumas delas!

As instalações de esgoto são imprescindíveis para manter a salubridade da edificação e proporcionar o bem-estar e a saúde de seus habitantes. 

Muitas doenças são ocasionadas ou facilitadas pela falta de higiene do ambiente de vivência, atraindo insetos e animais que podem ser vetores de microorganismos causadores de doenças.

Logo, ter um sistema de esgoto ligado à rede de captação do esgoto de sua cidade ou o tratamento desse efluente pelo sistema de tratamento individual (fossa séptica) quando não existir a rede de captação é uma medida indispensável de saneamento.

Sendo assim, para te ajudar a desvendar esse mistério por trás dessas tampas em seu quintal, vamos explicar um pouco sobre o papel de cada uma dessas caixas e do por que elas são tão importantes.

Caixa da gordura

A Caixa de Gordura é responsável pela captação de efluentes provenientes de tubos com conteúdos gordurosos, como os tubos que vem da pia da cozinha, por exemplo.

Sua principal função é evitar que o acúmulo de gordura nos encanamentos provoque a sua obstrução e entupimento, que podem causar mal cheiro e retorno desse efluente para os equipamentos sanitários, sem contar os danos aos canos da rede de captação de esgoto da cidade. 

Além disso, também promove a não contaminação do solo com esse conteúdo gorduroso, que deve ser descartado em ambiente adequado.

Ela funciona por meio da gravidade e densidade dos fluidos, em que a gordura, que possui densidade inferior à da água, se acumula na superfície da caixa, e o resto do efluente continua o seu trajeto pela passagem localizada no fundo da caixa.

Elas devem permitir o acúmulo dessa gordura para que seja feito a sua devida remoção periódica, que para residências comuns pode ser feita de 6 em 6 meses e para apartamentos, de 3 em 3 meses, mantendo mensalmente a inspeção do estado da mesma.

Portanto, é importante que as caixas de gordura possuam tampa, para a devida manutenção.

Caixa da sinfonada

Muitas vezes em banheiros, além do ralo localizado no box, existe uma outra tampa rente ao piso que possui também furos para a entrada de água, porém ela é maior.

Essa tampa é a da caixa sifonada. Ela é destinada à locais com maior demanda de recolhimento de efluentes líquidos, seja pela lavagem ou pela utilização, em comparação com os ralos, e possui uma saída e de 3 à 7 entradas para canos, que são geralmente de pias e ralos.

Além disso, a caixa sifonada é muito importante para evitar o ocasionamento de mau cheiro nos ambientes em que são instaladas, visto que permitem o acúmulo de água em sua estrutura, bloqueando a passagem de gases proveniente do sistema de esgoto para a superfície do cômodo. 

Isso só é possível devido ao seu sifão, responsável por conferir seu nome, mostrado na imagem abaixo.

Caixa de inspeção

As caixas de inspeção, como seu próprio nome diz, permitem que seja feita a inspeção, limpeza e manutenção das tubulações. 

Para isso, é importante que ela possua a tampa removível, que fica no nível do solo, possibilitando o acesso à caixa de inspeção caso ocorra algum problema, além de verificar como está o efluente que está sendo enviado para a rede de esgoto. 

Dessa forma, ao abrir conseguimos observar as tubulações conectadas à ela e mapear a origem do problema, realizando os reparos nos lugares certos antes que o esgoto seja levado para o sistema de tratamento de esgoto, evitando muitas vezes a escavação desnecessária.

Assim, podemos perceber que as tubulações das áreas molhadas não são todas destinadas para um único lugar, mas são levadas para elementos diferentes que colaboram para a separação, destinação e conferência do efluente até sua chegada ao destino final, reduzindo possíveis problemas no seu sistema e garantindo a saúde e bem-estar de sua família!

Portanto, se torna evidente o quão importante é planejar e dimensionar o projeto de esgoto da sua edificação, de modo a prever em sua instalação de esgoto as caixas de inspeção, de gordura e as caixas sifonadas. Preze pela seguridade sanitária de sua casa, pelo bem-estar e saúde de sua família, pela economia com compra de materiais e com retrabalhos provenientes da má projeção de suas instalações.

Leia mais sobre assuntos relacionados em nosso Blog, e receba nossos conteúdos inscrevendo-se em nossa Newsletter.

Escrito por Rafaela Monteiro, Consultora de Projetos em Construção Civil e Larissa Ribeiro Pais,  Diretora de Construção Civil

[email protected]  e [email protected]

Ir ao topo