Praticidade, conforto e segurança. O século 21 trouxe consigo uma nova tendência: as casas automatizadas. A tecnologia de conexões de rede sem fio tornou viável a realização das tarefas domésticas em apenas um clique, permitindo a integração de atividades em apenas um dispositivo: o seu smartphone.

A fim de otimizar a rotina e reduzir gastos, as casas inteligentes vieram como uma alternativa mais prática para os moradores. 

Sendo capaz de controlar a sua residência de onde quer que esteja, o consumidor pode usufruir, por exemplo, do controle da iluminação de qualquer cômodo, além do acionamento e desligamento automático de qualquer aparelho eletrônico de sua residência. 

Já se imaginou chegando cansado(a) em casa depois de um dia cheio, sentando no sofá e podendo ligar a TV, o ar-condicionado ou controlar a iluminação sem se levantar?

 Por meio da automação personalizada, o controle de atividades domésticas pode ser adaptada à preferência do morador, resumindo comandos em um simples aplicativo de smartphone. 

Entretanto, comodidade e praticidade não são as únicas vantagens que as Casas Inteligentes trazem para a atualidade e para o futuro. 

A segurança também é um fator que traz muita preocupação para residentes que levam uma rotina longe de casa. E se for possível acompanhar ao vivo como está o seu filho, o seu animal de estimação, ou até verificar alguma tentativa de assalto? 

Visto isso, a instalação de sensores de presença e câmeras de segurança Wi-Fi podem ser facilmente atreladas ao monitoramento remoto da sua residência, sendo possível visualizar, em tempo real, o que ocorre nas redondezas.

 Além disso, o sistema pode ser configurado para notificar pelo celular atividades estranhas ou presenças incomuns.

A utilidade dessa tecnologia não se restringe aos exemplos citados. 

Imagine uma casa, além de inteligente, ecológica: Já pensou no seu jardim avisando as cisternas quando é hora de regar as plantas? 

Ou um sistema que monitora em tempo real o consumo de água e energia da sua casa permitindo um consumo mais sustentável?

 As vantagens pessoais de se ter uma casa inteligente também colaboram para alcançar um cenário mundial mais ecológico e consciente. 

O segmento das casas inteligentes têm mobilizado consumidores a aplicar a tecnologia para além de suas residências. Pesquisas de mercado apontam que pequenos estabelecimentos comerciais e redes de varejo já tem utilizado da tecnologia de “inteligentização” de objetos para facilitar formas de pagamento, economizar de energia e automatizar processos.

 Segundo dados da empresa Statista, o mercado brasileiro de casas inteligentes deve crescer em torno de 40% em 2020 em comparação a 2019. 

Todas essas possibilidades resumem a versatilidade de funções que podem ser aplicadas nas casas do futuro, com custos cada vez mais baixos e personalizadas para atender de forma mais assertiva as necessidades dos consumidores. Em um futuro promissor, é de se esperar residências, condomínios e empresas cada vez mais inseridos no contexto da automação, aproveitando desta tecnologia para transformar espaços comuns em ambientes inovadores.

E aí? Já se sente preparado para ter a sua Casa Inteligente? 

Leia mais sobre assuntos relacionados em nosso Blog, e receba nossos conteúdos inscrevendo-se em nossa Newsletter.

Escrito por Marina Albuquerque, Gerente de Projetos de Eletrônica CT Junior

[email protected]

Ir ao topo